Viena: Big Bus Tours – Linha Azul e Linha Verde

big bus
O Palácio de Schönbrunn é uma das principais atrações turísticas de Viena

Depois de já ter conhecido Viena a bordo da Linha Vermelha do Big Bus Tours, embarquei na Linha Azul e na Linha Verde para descobrir mais sobre a capital da Áustria. A passagem que eu havia comprado no dia anterior por 35 Euros (uns R$ 155) seguia valendo e eu tinha a permissão de subir e descer em todas as paradas que eu quisesse.

BIG BUS – LINHA AZUL
big bus
A Mariahilphestraße é uma movimentada rua comercial

A Linha Azul do Big Bus começa perto do Palácio de Hofburg. Ele então se encaminha para as redondezas da Mariahilphestraße, famosa rua de pedestres com muitas opções de lojas. Ela era usada pelo imperador para ir até sua residência de verão. O ônibus se afasta do centro e chega ao referido Palácio de Schönbrunn.

HISTÓRIA: SACRO IMPÉRIO ROMANO-GERMÂNICO

O guia passa a falar do estilo de Maria Teresa da Áustria, a única mulher da dinastia a governar. Ela pregava direitos civis e e educação pública para meninos e meninas. Durante sua soberania, as artes, especialmente a música, floresceram. Conta-se que Mozart, aos seis anos, foi convidado para tocar em Schönbrunn e deu um beijo na imperatriz, arrancando risos da corte.

big bus
De dentro do ônibus se tem uma vista externa de Schönbrunn
HISTÓRIA: IMPÉRIO AUSTRO-HÚNGARO

Sua bisneta, Maria Leopoldina da Áustria, casou-se em 1817 com Pedro IV de Portugal, futuro Dom Pedro I, imperador do Brasil, tornando-a Dona Leopoldina, a primeira imperatriz de nosso país. O matrimônio arranjado reafirmava o ditado sobre a técnica austríaca para estender seu império: “Deixa que os outros façam a guerra, tu, feliz, Áustria, casa-te”.

HISTÓRIA: ÁUSTRIA NOS PÓS-GUERRAS

Enquanto o ônibus percorre as ruas de Viena, o áudio guia informa que o município tem 23 distritos e que eles foram nomeados no sentido horário. Ele também discorre sobre os períodos pós-Grandes Guerras. Os principais fatos explorados são um programa habitacional vienense depois da Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e a setorização da cidade e do país depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE VIENA

O Império Austro-Húngaro, fundado em 1867, ruiu com o fim da Primeira Guerra e levou a economia junto. Os Sociais Democratas, que haviam ganho as eleições em 1919, iniciaram um programa de moradias populares que ficou conhecido como “Viena Vermelha“.

big bus
O gemeindebau Julius Popp Hof foi construído entre 1926 e 1927 no Gürtel

Os gemeindebauten (“edifícios do município” em alemão) foram erguidos entre 1919 e 1934 e proporcionaram 60 mil novas moradias sociais. Na fachada de cada gemeindebau está escrito “Construído pelo município de Viena” e o período da obra.

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE A EUROPA

O aluguel era (e ainda é um pouco) subsidiado, permitindo que a população de baixa renda pudesse pagá-lo. Em 1934, um em cada 10 habitantes morava em um apartamento do município. Em 2013, a proporção era de um a cada quatro moradores. O município de Viena ainda é o maior proprietário de imóveis sociais da Europa, o que significa moradia mais barata para os cidadãos.

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE OS ESTADOS UNIDOS

Os dados sobre depois da Segunda Guerra são que a cidade, assim como o país, ficou separada em setores comandados pelas quatro potências (França, Reino Unido, Estados Unidos e União Soviética). A divisão permaneceu durante 10 anos, até a declaração de soberania e independência da Áustria, em 15 de maio de 1955, depois de prometer a neutralidade em futuros conflitos. Atualmente, é uma república democrática constituída de um estado federal com nove províncias. Faz fronteira com oito países e tem 8,5 milhões de habitantes.

O BOULEVARD DO PROLETARIADO E O BOULEVARD DA BURGUESIA
big bus
O imenso Parque de Schönbrunn é muito agradável para caminhadas

O Big Bus ainda faz paradas nos palácios Belvedere antes de voltar para o centro. O complexo foi a residência de verão do Príncipe Eugenio de Savóia, que o encomendou depois de abandonar a França e passar a servir ao exército do Sacro Império Romano-Germânico, sob três imperadores austríacos.

LEIA AQUI SOBRE OS PALÁCIOS BELVEDERE

Eles ficam em uma zona entre os popularmente conhecidos como “boulevard do proletariado” e o “boulevar da burguesia“. O primeiro, mais afastado do centro, é o Gürtel (que significa “cinturão”), onde foram instalados alguns dos gemeindebauten.

big bus
O Parlamento austríaco (que estava em obras) fica na Ringstraße

O segundo é a Ringstraße, avenida construída sobre o traçado da antiga muralha medieval de 13,5 quilômetros de extensão. O imperador Francisco José começou a derrubá-la em 1857. Em 1865, a nova avenida de luxo foi inaugurada e nos anos seguintes prédios imponentes, como o Parlamento da Áustria, foram erguidos nesse endereço.

BIG BUS – LINHA VERDE (HUNDERTWASSER TOUR)

Do centro, em frente ao Museu Albertina, sai um ônibus menor em direção ao complexo residencial Hundertwasser. A empresa que opera em parceria com a Big Bus é a Red Bus City Tours. Fazia calor, o ar condicionado estava desligado e o plástico transparente instalado no lugar das janelas estava abaixado, o que causava grande desconforto e impossibilitava uma vista da cidade. Os funcionários de ambas as empresas não se importaram nem um pouco com o problema e nem se esforçaram para solucioná-lo.

big bus
O Hundertwasserhaus é um dos prédios mais icônicos da Áustria

Contudo, o destino final do desconfortável ônibus fez o passeio valer a pena. O edifício Hundertwasserhaus é um dos mais fotografados de Viena. Projetado em 1983 por Friedensreich Hundertwasser, ele tem paredes desniveladas cheias de cores e texturas, além de 250 plantas em seu telhado.

O condomínio tem 52 apartamentos. Os moradores têm direito de decorar a fachada da maneira que bem entenderem, acrescentando ainda mais arte ao local. É um lugar extremamente turístico, mas pessoas vivem lá de fato, então é importante respeitar ainda mais as normas locais e nem pensar em tentar entrar ou tocar os interfones.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.