Huaraz: Glacial Pastoruri + Lagoa 69

O Pastoruri é um glacial perto de Huaraz

Huaraz, no Peru, é o paraíso para quem gosta de caminhadas. São centenas de trilhas espalhadas pelos arredores do município. Ela fica a aproximadamente 400 quilômetros de Lima. A passagem de ônibus custa cerca de 30 soles (uns R$ 30). Saí da capital peruana às 21h e cheguei à capital do departamento de Ancash às 6h.

A Plaza de Armas é uma das poucas atrações do centro de Huaraz

A cidade em si, a mais de 3 mil metros sobre o nível do mar, não tem grandes atrativos. Nas ruas próximas à Plaza de Armas estão as agências que oferecem passeios aos destinos mais procurados. Fechei as excursões para o Glaciar Pastoruri e para a Laguna 69 por 25 soles (R$ 25) cada um, incluindo transporte e guia. A entrada para cada atração custa outros 30 (uns R$ 30).

tour GLACIAR PASTORURI
A paisagem do Parque Nacional Huascarán é impressionante

A base glacial da montanha nevada Pastoruri fica a 70 quilômetros ao sul de Huaraz. A viagem dura cerca de duas horas. Me buscaram no hostel às 9h, mas só saímos da cidade às 9h40min. Às 11h30min chegamos ao Parque Nacional Huascarán, considerado patrimônio mundial pela Unesco.

A fonte de água gaseificada Pumapampa é a primeira atração do tour a Pastoruri

O parque nacional está localizado na Cordilheira Branca, que cresce um milímetro por ano e já foi um oceano. Durante o percurso, o guia passava informações sobre essa cadeia de montanhas. Infelizmente, não podíamos apreciar os morros que ele citava em função da neblina (começo de abril ainda é temporada de chuvas). Pelo meio-dia chegamos à primeira parada: a fonte de água gaseificada Pumapampa.

Puyas são plantas de aparência interessante

Um pouco mais adiante passamos por uma lagoa colorida, mas os tons não eram perceptíveis em função das nuvens. Andamos um pouco para observar plantas do gênero puya e começar a adaptar-se com o frio e a altura. Em outro ponto alguns turistas desceram da van também para apreciar uma pintura rupestre do ano 200.

A pintura rupestre representa um homem fazendo uma observação astronômica
A CHEGADA no pastoruri

A caminhada começa às 13h a 4,8 mil metros sobre o nível do mar. O trajeto de dois quilômetros é tranquilo, um pouco inclinado, mas a trilha é bem sinalizada. Demora aproximadamente meia hora para chegar ao glacial a 5,2 mil metros sobre o nível do mar. Há opção de alugar cavalos para os que não encaram ir a pé. Fazia frio e chegou a nevar, mas o sol apareceu às vezes. A volta é mais fácil, pois é em descida. O grupo chega de volta a Huaraz pelas 18h.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este foi meu primeiro glacial e foi muito emocionante estar perto de um bloco de gelo tão grande. É uma pena que ele logo irá desaparecer. Por causa do aquecimento global, a expectativa é de que o Pastoruri derreta completamente em menos de 10 anos. Ele já perdeu aproximadamente 2,5 quilômetros de sua extensão.

tour LAGUNA 69
huaraz
A caminhada para a Laguna 69 é intensa, mas compensa

O tour para a Lagoa 69 é mais pesado. A van passa ao redor das 5h no hotel. O percurso de sete quilômetros começa às 9h a 4 mil metros sobre o nível do mar. A expectativa de chegada ao destino, a 4, 6 mil metros sobre o nível do mar, é às 12h. Quem não consegue chegar até a metade do caminho em duas horas não pode seguir avançando e deve esperar o grupo regressar.

Não sou a caminhante mais experiente e cheguei no tempo previsto, algumas pessoas chegaram antes de mim e outras alcançaram a lagoa mais tarde. Havia grande quantidade de barro na trilha e é preciso cruzar o rio diversas vezes. A beleza da paisagem também me fazia parar a cada tanto para tomar fotografias.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A CHEGADA na 69

A imagem da lagoa cercada de nevados é muito bonita e me lembrou bastante a Laguna de Humantay, em Cusco. O clima variava bastante, fez sol e choveu durante o tempo em que estive contemplando as belezas do lugar. Houve uma pequena avalanche de pedras na outra margem do lago e o ruído foi bem intenso. Me pareceu uma forte demonstração do poder da natureza.

huaraz
O contraste da cor da água com os tons da montanha é espetacular

Às 13h os turistas devem começar o caminho de volta para chegar à base às 15h. Garoou todo o tempo da descida. A temperatura ambiente é baixa, mas o corpo esquenta com o esforço – principalmente nas subidas. Por isso, é importante vestir uma camiseta térmica e um abrigo que pode ser vestido quando faz frio.

HOSTEL VACAHOUSE HUARAZ
Mural na entrada do Vacahouse dá as boas vindas aos hóspedes

Nada melhor depois de longas caminhadas do que voltar para um lugar confortável para descansar. E por isso decidi ficar no hostel Vacahouse. Ele fica bem localizado a quatro quadras da Plaza de Armas de Huaraz e em frente a uma pracinha bonita onde uma gurizada dança rap à noite. Uma cama em um quarto compartilhado custa 17 soles (uns R$ 17).

O dorm para cinco pessoas é espaçoso e conta com banheiro

O dormitório em que fiquei tinha dois beliches e uma cama de solteiro. O banheiro fica no quarto. Há papel higiênico e água quente (dos ítens básicos que são luxos no Peru). A internet é instável e lenta, mas parece que a conexão é assim em todo o país.

A diária no Vacahouse inclui café da manhã

O café da manhã é simples, mas bom é com o necessário: pão, margarina, doce de leite e geleia, leite, café, chá e banana. O Vacahouse conta com uma ampla cozinha à disposição dos hóspedes, que também podem interagir na sala com televisão com Netflix e jogos de mesa.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

* A estadia no Vacahouse Hostel foi uma parceria com o Me Leva Embora Estrada Afora – hospedagem em troca de uma citação em um post no blog. As opiniões contidas no texto são independentes e baseadas na experiência que tive lá.*

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.