Punta del Diablo + Valizas

punta del diablo
Barcos de pescadores são comuns de Punta del Diablo

O litoral do Uruguai é repleto de pequenos balneários para os que buscam tranquilidade. A costa do departamento de Rocha concentra grande parte deles. Duas das praias mais procuradas dentro deste perfil são Punta del Diablo e Valizas.

VEJA OUTROS DESTINOS EM ROCHA
PUNTA DEL DIABLO
Tetos de palha são uma das marcas registradas de Punta del Diablo

A pequena vila de pescadores de Punta del Diablo é o lugar ideal para relaxar fora de temporada. Nos meses de verão, o lugarejo fica lotado de turistas, muitos deles brasileiros. Os preços também sobrem bastante nesta época e as hospedagens lotam. Por isso, o período ideal para visitar “a outra Punta” entre março e novembro.

LEIA TAMBÉM SOBRE PUNTA DEL ESTE
punta del diablo
A Playa de la Viuda é uma das opções em Punta del Diablo

A maioria das construções são rústicas e não há grandes atrativos turísticos além do Oceano Atlântico. A Playa del Rivero é mais ao norte e a menos concorrida. Playa de los Pescadores é característica em função dos barquinhos na areia e pelas pedras, ideais para assistir ao pôr do sol. A Playa de la Viuda tem uma passarela de madeira que permite transpor as dunas para chegar ao mar.

Punta del Diablo pode ser acessada de carro ou ônibus, através da estrada que conecta com a Ruta 9. Ela fica apenas 45 quilômetros da fronteira com o Brasil. Caminhar desde a Playa Grande, no Paque Nacional de Santa Teresa, também é uma opção para os mais resistentes fisicamente.

LEIA AQUI SOBRE O PARQUE DE SANTA TERESA
punta del diablo
A caminhada desde o Parque de Santa Teresa é longa, mas agradável
VALIZAS

Barra de Valizas é um balneário ainda menor do que Punta del Diablo. A via de acesso está localizada na Ruta 10. Cerca de 95 quilômetros o separam da fronteira do Brasil. As ruas sem asfaltar e a escassez de iluminação pública (características que muitos moradores locais insistem em manter) podem colocar o vilarejo na categoria roots.

Até o centrinho de Valizas é de chão batido

O Arroio Valizas separa a praia do Parque Nacional de Cabo Polonio. Um dos principais motivos para os turistas visitarem Valizas é cruzar a pé os sete quilômetros de dunas que separam os dois povoados. O nível do curso d’água varia dependendo da época. Ele pode ser atravessado a pé quando está seco ou baixo. Já na cheia, a única maneira de transpô-lo é com a ajuda de pequenas embarcações.

LEIA AQUI SOBRE CABO POLONIO
valizas
Na época de seca, o Arroio Valizas não chega ao mar

À noite, pescadores em busca de peixes e camarões vão até a Cañada de la Laguna com lampiões, criando um belo espetáculo de luzes. Espetacular também é a lua cheia na Barra de Valizas. Assim como em toda a costa de Rocha, há a possibilidade de ocorrência de noctilucas, organismo unicelular que deixa o mar fluorescente para tornar a escuridão ainda mais espetaculosa.

LEIA AQUI SOBRE A VISITA A UM AMIGO DE VALIZAS

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

4 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.