Eje Cafetero: Armenia + Salento + Filandia + Pereira + Manizales

O Eje Cafetero é uma das regiões mais turísticas da Colômbia. A região é formada principalmente por três departamentos: Quindio, cuja capital é Armenia, Risaralda, cuja capital é Pereira, e Caldas, cuja capital é Manizales. Esses três municípios formam o que é conhecido como o triângulo do café. Esses são, contudo, os lugares menos interessantes…

6 vulcões para conhecer no Equador

O Equador tem quase uma centena de vulcões. Muitos deles podem ser conhecidos por visitantes, pois contam com refúgios e até pequenos complexos turísticos. A maioria requer algum condicionamento físico e alguns conhecimento técnico de escalada. Descubra abaixo seis vulcões equatorianos possíveis de se conhecer. Nenhum deles cobra entrada. O único gasto que se tem…

Puyo + Tena + Puerto Misahuallí

Apesar de ser brasileira, tive o primeiro contato com a Amazônia no Equador. Puyo e Tena foram minhas bases para explorar um pouquinho da floresta. Meus planos de viagem não incluíam a selva, mas como viajar no país é muito fácil, rápido e barato, decidi incluí-la no roteiro. Me parecia um desperdício não visitá-la, já que a…

Guayaquil: centro + free tour

O farol é um dos maiores ícones de Guayaquil, no Equador. O mirador 360° desde o topo da construção permite uma visão completa da cidade. É preciso vencer 444 degraus antes de chegar à estrutura. Assim como em toda a costa equatoriana, faz muito calor neste município e o sol é forte. Por isso, não recomendo subir ao meio-dia (o…

Guayaquil: comunidade Couchsurfing

Guayaquil, no Equador, foi a cidade em que passei mais tempo em toda a minha viagem de quase um ano e meio pela América do Sul. A principal razão foi a incrível comunidade guayaquilenha do Couchsurfing e os excelentes amigos que fiz através dela. A turma tem um grupo de WhatsApp através do qual organizam jogos…

Nasca

Nasca é uma das cidades mais conhecidas do Peru em função das famosas Linhas de Nasca. Há duas maneiras de conhecer esses misteriosos traços no solo do deserto: com um sobrevoo de menos de uma hora que custa uns US$ 60 (uns R$ 210) ou visitando miradores que custam 3 soles (cerca de R$ 3)….

Arequipa

Cheguei em Arequipa depois de uma viagem noturna desde Puno. Ao chegar na Plaza de Armas, imediatamente me apaixonei pela cidade. Decidi que queria ficar ali por algumas semanas. Além de hospedar-me com dois hosts de Couchsurfing, fiz voluntariado na recepção do hostel Friendly AQP por duas semanas. Não é que haja tantas coisas que…

Lago Titicaca: Copacabana + Isla del Sol + Puno

O Lago Titicaca é motivo de orgulho tanto para bolivianos como para peruanos. Esse é o segundo maior lago da América do Sul e o lago navegável mais alto do mundo – a 3,8 mil metros sobre o nível do mar. Titicaca (a pronúncia correta é algo como “titikhakha”) significa puma de pedra (titi =…

Potosí

“Voy que voy que voy Potosí que ahí voy, ahora sí que voy”. Impossível não lembrar da canção da Vela Puerca ao chegar a Potosí, na Bolívia. A música fala justamente de um dos fatores mais importantes do município: a mineração no Cerro Rico. A atividade muito lucrativa fez com que a cidade tivesse uma…