Medellín: free walking tour da Real City Tours

real city tours
O Parque de las Esculturas é um dos principais pontos de Medellín

Uma cidade muda muito em cinco anos e meio. Para mim, Medellín, na Colômbia, evoluiu muito desde a última vez em que estive lá. Fazer um free walking tour com a Real City Tours foi fundamental para aprender sobre o desenvolvimento da cidade (que saiu do posto da mais violenta do mundo para a mais inovadora em um par de décadas).

O FREE WALKING TOUR DA REAL CITY TOURS

A empresa promove uma excursão em inglês pela área central da capital do departamento de Antioquia. Há horários de manhã e de tarde, que precisam ser confirmados, assim como o ponto de encontro, que varia de acordo com a localização dos turistas. Em função da demanda, é necessário fazer uma inscrição prévia no site da  Real City Tours.

real city tour
A antiga estação de trens é uma das atrações do passeio

O guia Hernán começou a atividade perguntando o nome e a nacionalidade de todos os participantes. Depois, os repetiu sem errar. Ele propôs que cada um se apresentasse para uma pessoa desconhecida para aumentar a socialização do grupo de aproximadamente 20 estrangeiros. A única latina era eu.

real city tour
Pablo Escobar faz parte da história da cidade

No começo da caminhada ele deixa claro que não citará o nome de um dos criminosos mais conhecidos do mundo, Pablo Escobar, pois se os paisas (moradores da região) escutassem seu nome fora de contexto (a maioria não entende inglês), poderiam pensar que se estava exaltando o personagem. Apesar de, sim, haver gente que gosta dele, a maioria ainda tem pavor. Aproximadamente 38 mil pessoas morreram enquanto ele estava no poder do Cartel de Medellín.

real city tours
O monumento em frente a governo do departamento é um dos temas do tour

Ao longo das paradas do Real City Tours, Hernán conta um pouco sobre a política e o processo de paz no país. Do primeiro tema, o foco é nos governos de Álvaro Uribe (de 2002 a 2010), de Juan Manuel Santos (de 2010 a 2018) e de Iván Duque (eleito em 2018). Já o segundo assunto envolve as guerrilhas, os grupos paramilitares, o narcotráfico e o exército.

O PARQUE DAS LUZES
Se eu pudesse, ficaria o dia todo na Biblioteca EPM

Na linda e completa Biblioteca EPM há um banheiro público e o guia leva os turistas até lá. Ela fica no Parque de las Luces, onde ele comenta sobre os avanços de Medellín. Este era um dos lugares mais perigosos da cidade. Após uma revitalização, virou uma área de lazer. A evolução começou no mandato do prefeito Sergio Fajardo, cuja administração tinha dois pilares: arquitetura democrática e educação com dignidade.

real city tours
O Parque de las Luces é um dos símbolos da melhora da cidade
O PALÁCIO NACIONAL

Parte da transformação de Medellín passou por dar utilidade a espaços antes abandonados. Esse foi o caso do Palácio Nacional de Justiça, construído em 1925. O edifício em estilo romântico que antes abrigava entidades do governo é atualmente um shopping popular. Em 1988 o prédio foi incluído na lista de patrimônios históricos e artísticos do país.

O PALÁCIO DA CULTURA

O antigo palácio de governo de Antioquia, hoje conhecido como Palacio de la Cultura Rafael Uribe Uribe, foi erguido no mesmo ano e também é patrimônio nacional. Ele é um dos maiores cartões-postais de Medellín por seu estilo gótico. De acordo com o guia, ele nunca foi terminado e muitos detalhes da estrutura foram deixados de lado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O PARQUE DAS ESCULTURAS

O Palacio de la Cultura fica no largo mais icônico de Medellín, o Parque de las Esculturas. O local, também conhecido como Plaza Botero, conta com 23 obras de Fernando Botero, o artista mais renomado da Colômbia. Elas são feitas de bronze e cobertas com platina. Com o constante toque dos admiradores (principalmente nos órgãos íntimos dos personagens), a cor negra se apaga e se vê o amarelo.

View this post on Instagram

O cavalo de Botero. (#Medellín, #Colômbia 🇨🇴)

A post shared by Me Leva Embora Estrada Afora (@melevaemboraestradaafora) on

O PARQUE DE SANTO ANTONIO

Botero tem monumentos espalhados em vários pontos da cidade (do mundo, na verdade), mas dois deles são muito significantes para Medellín. O Pássaro Ferido e o Pássaro da Paz se localizam no Parque de San Antonio. Em 1995, uma bomba colocada na escultura original explodiu durante um evento e matou mais de 20 pessoas. Depois da tragédia, o artista pediu para que a obra desconfigurada permanecesse no lugar e doou uma outra muito parecida para simbolizar um recomeço. Neste ponto termina o tour.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.