Cajamarca: Cumbe Mayo + Ventanillas de Otuzco

cajamarca
Cumbe Mayo é uma das principais atrações de Cajamarca

A cidade de Cajamarca, na serra norte do Peru, tem uma grande importância histórica para o país e para todos as nações que antigamente faziam parte do Tawantinsuyo, o Império Inca. Inca Atahualpa, o último imperador incaico, foi capturado onde hoje se localiza a Plaza de Armas do município pelas tropas do conquistador espanhol Francisco Pizarro em 1532. Menos de um ano depois, o líder nativo foi assassinado.

cajamarca
A Plaza de Armas foi o local de captura do Inca Atahualpa

Ele ficou cativo por mais de 8 meses em uma casa de pedra bem próximo à atual praça. O Cuarto del Rescate pode ser visitado de 9h às 13h e de 15h às 18h, com uma entrada de 5 soles (uns R$ 5). É uma peça de 11,8 metros de comprimento, 7,3 metros de largura e 3,1 metros de altura. Inca Atahualpa prometeu enche-lo uma vez com ouro e duas com prata em troca de sua soltura. Os espanhóis receberam o tesouro, mas não o libertaram.

AS IGREJAS DE CAJAMARCA

Quase em frente a essa casa está o Templo de San Francisco, considerado Monumento Histórico do Peru. Ele foi erguido em estilo barroco no século 17. Do outro lado da praça fica a Catedral, também conhecida como Igreja de Santa Catarina. Ela foi construída nos mesmos período e estilo que a de San Francisco.

CUMBE MAYO
O passeio é feito a pé nas proximidades de Cumbe Mayo

Fora do centro estão os maiores atrativos de Cajamarca. Um tour de 18 soles (uns R$ 18) pode  ser contratado nas diversas agências da Plaza de Armas para ir até Cumbe Mayo. A saída é pelas 9h30min e o retorno se dá ao redor das 13h30min.

Pontes e aquedutos são ruínas que ainda se encontram pelo bosque de pedras

São cerca de 50 minutos de viagem para alcançar o sítio arqueológico a 20 quilômetros da cidade e a 3,5 mil metros sobre o nível do mar. A área chamada “bosque de pedras” consiste um rochas vulcânicas corroídas pela chuva e pelo vento.

Petróglifos foram encontrados em Cumbe Mayo

Quem primeiro utilizou este espaço foi a civilização Cajamarca (de acordo com o guia, a grafia e pronúncia originais correta seria “Kaxamarca“) aproximadamente no ano 1130 a.C. Essa cultura foi incorporada ao Tawantisuyo no século 15.

A pedra plana era usada para sacrifício na cultura Cajamarca

Uma caminhada de mais ou menos uma hora leva os turistas por belas paisagens. No caminho pode-se observar petróglifos, aqueodutos, pedras de sacrifício e uma pequena caverna, que o guia faz questão de cruzar no escuro, para ter a mesma sensação de completa escuridão que os povos originários tinham ao atravessá-la. Meu passeio não foi tão agradável pela constante garoa que caía e pelo barro que se formou na trilha (abril é época de chuvas).

VENTANILLAS DE OTUZCO
As Ventanillas de Otuzco eram o lugar final de enterramento dos Cajamarcas

Outro tour saindo de Cajamarca é o de Otuzco. Ele também custa 18 soles (uns R$ 18), com saída às 15h30min da Plaza de Armas e retorno aproximado às 19h. Antes de chegar aos restos desta necrópole pré-inca, o passeio faz duas paradas comercias. A primeira é em uma fábrica de produtos lácteos, comuns nesta região do país. Me deu pena ver as vacas da propriedade tão magras. A segunda é um jardim de hortênsias, onde também vendem artesanatos, comidas e bebidas típicas.

Os nichos já estavam profanados quando foram descobertos em 1937

Contudo, a parte mais importante do passeio é quando se chega às Ventanillas de Otuzco. Neste sítio arqueológico foram descobertos 337 nichos mortuários dos Cajamarcas. Eles foram encontrados em 1937 já profanados. Acredita-se que os corpos eram enterrados primeiro em algum cemitério e alguns anos após a morte da pessoa, ela era transladada a essa estrutura talhada em rocha vulcânica.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.