Roteiro Equador: serra, costa e selva em 25 dias

roteiro equador
A lagoa de Quilotoa fica dentro da cratera de um vulcão do Equador

O Equador tem aproximadamente o mesmo tamanho do Rio Grande do Sul. Em seu território, o turista encontra grande variedade de regiões separados por poucos quilômetros: costa (oeste), serra (centro) e selva (leste). Este Roteiro Equador passa por todas elas.

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE O EQUADOR

O viajante pode pensar que, pelo fato de o país ser dolarizado, seja mais caro. Ele estará enganado. Comida e passagens de ônibus são baratos, o que facilita a execução do Roteiro Equador. As pessoas são muito amáveis e as estradas estão em boas condições. Quito e Guayaquil são os aeroportos mais movimentados.

As cidades apontadas como dispensáveis neste Roteiro Equador têm bastante a oferecer ao turista. Contudo, caso o tempo seja menor do que um mês, são as que eu pularia para poder dar atenção a outros lugares.

roteiro equador
O Puente Roto é um dos pontos turísticos de Cuenca

Comecei o Roteiro Equador por Cuenca. Cheguei lá por terra, vinda de Máncora, no Peru. A capital da província de Azuay fica na Cordilheira dos Andes. Nas margens do Rio Tomebamba fica o Puente Roto, restos de uma ponte de pedra arrastada pelo rio.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE CUENCA AQUI

Próximas a essa estrutura está o complexo cultural Pumapungo. Outro museu bacana é o Sombrero de Paja Toquilla, onde é possível observar a elaboração de um objeto de origem em Cuenca e usado no mundo todo: o chapéu Panamá, declarado patrimônio cultural imaterial da humanidade pela Unesco.

roteiro equador
Os chapéus do Panamá são, na verdade, do Equador

O centro histórico também está na lista de patrimônios da Unesco. A Catedral de Cuenca é um dos símbolos da cidade. A Catedral Vieja agora serve de museu e espaço para concertos. As duas igrejas ao redor do Parque Calderón. Um dos melhores pontos para ter uma vista panorâmica de Cuenca é o mirador de Turi.

CAJAS
roteiro equador
É preciso abrigar-se para ir ao Parque Nacional Cajas

A menos de uma hora ao oeste se localiza o Parque Nacional Cajas. Para quem gosta do contato com a natureza, uma boa opção é levar uma barraca e acampar na área protegida. Dessa maneira, pode-se apreciar com mais calma algumas das 786 lagoas espalhadas nos mais de 28,5 mil hectares.

INGAPIRCA
roteiro equador
O Templo do Sol é o que mais chama a atenção em Ingapirca

A menos de duas horas ao norte fica Ingapirca, o complexo arqueológico mais importante do país, e que vale a pena ser incluído no Roteiro Equador. Foi sede de rituais da cultura Cañari e Inca. O monumento mais importante é o Templo do Sol.

Guayaquil é o segundo município mais importante do país. Essa foi a cidade em que mais tempo passei no Roteiro Equador em função dos amigos que fiz por lá. Eles me levaram ao mirador do Cristo, de onde se tem uma vista panorâmica do município e da divisão do Rio Guayas.

roteiro equador
Malecón 2000, La Perla e Las Peñas ficam às margens do Rio Guayas

Também me mostraram dois malecones (calçadões na beira de rios): o Malecón del Salado e o Malecón 2000. O segundo fica ao lado do bairro Las Penãs, lugar de fundação de Santiago de Guayaquil e atualmente uma das partes mais boêmias da cidade. No alto do morro está o farol, símbolo do município.

VEJA OS POSTS COMPLETOS SOBRE GUAYAQUIL AQUI

Passando essa área está Puerto Santa Ana, uma outra área com foco em gastronomia, mas essa voltada para um público de alto poder aquisitivo. Nesta parte foi erguido o prédio mais alto da cidade, o The Point. Em um dos edifícios da região o Museu da Música Popular Julio Jaramillo e os museus dos times de futebol Barcelona e Emelec.

roteiro equador
As tartarugas de Galápagos podem ser vistas na Espol

Nos pés do morro Santa Ana se encontra um dos campus da Escuela Superior Politécnica del Litoral (Espol). No seu pátio vivem seis tartarugas das Ilhas Galápagos. A mais nova tem 60 anos e a mais velha, 120.

roteiro equador
As iguanas fizeram do Parque Seminário sua casa

A praça mais conhecida de Guayaquil é o Parque Seminário. Mais conhecido como Parque de las Iguanas, lá se concentra aproximadamente uma centena dos répteis. Em frente a ele, está a catedral da cidade. O largo é o ponto de encontro do free walking tour. A caminhada passa pela Plaza San Francisco, pela Plaza de la Administración e pelo Malecón 2000 e pela Espol. Para quem busca um lugar para praticar atividades físicas, o Parque Samanes é a pedida.

SAMBORODÓN
roteiro equador
Animais são mantidos no zoológico do Parque Histórico

Em Samborodón fica o Parque Histórico. Na zona Silvestre há um bosque e um zoológico. Na Urbano Arquitetônica foram reconstruídas algumas casas representativas do município. Já na Tradicional se aprende sobre a produção do cacau e a elaboração do chocolate.

roteiro equador
O marco representa o ponto mais saliente do Equador

A Ruta del Spondylus é uma estrada que conecta todas as praias do Equador. A parte sul da rodovia também é conhecida como Ruta del Sol. Ela começa no balneário de Salinas. Suas águas são tranquilas. A uns oito quilômetros do centro está o ponto mais oriental do Equador, a praia Chocolatera, localizada em uma área militar, mas o acesso ao público é liberado. Em suas pedras, descansam lobos marinhos.

roteiro equador
Letreiros estão espalhados por Montañita

A praia mais famosa do Equador é Montañita. Ela é muito procurada por jovens que buscam festas badaladas. A calle de los coqueteles é uma das ruas exclusivas para pedestres. Também é possível encontrar tranquilidade na região, especialmente se buscando-a na vizinha Olón. Esse balneário é muito mais calmo e tem uma natureza privilegiada. Desde o Santuario Blanca Estrella del Mar se pode ter uma vista completa da praia.

  • PUERTO LÓPEZ (2 DIAS)
roteiro equador
Do mirador de Los Frailes se tem uma bela vista da costa

Puerto López foi a praia que mais gostei nesse Roteiro Equador. Hospedar-se em Puerto López é uma boa opção para quem quer visitar a praia Los Frailes, dentro do Parque Nacional Machalilla. Este balneário de águas transparentes é ideal para fazer snorkeling. Entre Puerto López e Los Frailes está a comunidade de Água Blanca. Com um guia local, se aprende algo sobre a cultura manteña e se visita uma lagoa de enxofre.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE A COSTA EQUATORIANA AQUI

As Ilhas Galápagos são a atração mais renomada do Equador. Contudo, muitos não podem visitá-las em função dos gastos que isso envolve. Uma opção mais barata é a Isla de La Plata, no Parque Nacional Machalilla. Seu apelido é “Galápagos dos pobres”, pois tem praticamente a mesma flora e fauna da “prima rica”. As embarcações saem de Puerto López.

roteiro equador
Tartarugas alegram os turistas no tour da Isla de la Plata

A praia de Manta não tem muitos os atrativos além do estaleiro, onde novos barcos são construídos e antigas embarcações são renovadas. Mas a cidade pode ser QG para conhecer o povoado Montecristi. Ali nasceu Eloy Alfaro (1842-1912), um dos presidentes mais importantes da história do país. No Centro Cívico Ciudad Alfaro foi construído o mausoléu do ex-mandatário. Também neste lugar foi realizada a Assembleia Constituinte da Revolução Cidadã em 2007.

roteiro equador
Alfaro é um dos grandes personagens políticos do país

De Riobamba se vê o vulcão Chimborazo. Dali pode-se ir em ônibus até a Reserva de Producción de Fauna Chimborazo e ao vulcão Tungurahua. O município ambém é uma opção para quem quer tomar um dos trens turísticos. Por ali passa o da rota Nariz del Diablo, considerada a “ferrovia mais difícil do mundo. A arquitetura da área central é característica da serra equatoriana. No Museo de la Ciudad pode-se observar fotografias antigas e aprender sobre a história do lugar.

roteiro equador
Desde Riobamba pode-se fazer um bate-e-volta até o vulcão Chimborazo

O Chimborazo fica a 6310 metros sobre o nível do mar. É o vulcão mais alto do mundo desde o centro da Terra, a 6384 quilômetros do nosso núcleo. Seu cume foi alcançado pela primeira vez em 1880. Contudo, quem não tem treinamento suficiente para fazer o caminho completo pode conhecer parte dele. A entrada fica a 4386 metros sobre o nível do mar. O primeiro refúgio está a 4800 msnm. O segundo, a 5000. Cem metros mais alto fica o pequeno lago Condor Cocha.

roteiro equador
Desde mbato também dá para ir ao Chimborazo

Ambato também é usada como base para ir ao Chimborazo, ao Tungurahua e a Quiltoa e Cotopaxi (que, alternativamente, podem ser acessados desde Quito). Uma das atrações mais interessantes da cidade é a Casa de Montalvo. No museu estão objetos que pertenciam a Juan Montalvo e no mausoléu estão seus restos mortais no escritor. O imóvel fica em uma das esquinas da praça central. Ao redor do largo estão as sedes do município e da província, além da catedral.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE OS VULCÕES DO EQUADOR AQUI

A duas quadras dali fica outro parque, o Cevallos, com o letreiro de Ambato. Há outras áreas verdes na cidade, conhecida como “terra das flores e das frutas”. O Jardim Botânico La Líria é um grande espaço que conta com diversas espécies de plantas. O Rio Ambato passa por dentro do terreno. Um pouco mais afastado está o Parque de la Família.

roteiro equador
O Jardim Botânico de Ambato convida para gostosas caminhadas

Baños é uma das cidades com mais atrações no Roteiro Equador. Talvez o Pailón del Diablo e a Casa del Árbol sejam os mais conhecidos. Mas, além do Pailón, há muitas outras cascatas e além da Casa, há muitos outros balanços.

BALANÇOS E ADRENALINA

Talvez o programa mais clássico de Baños seja La Casa del Arbol. É um complexo de diversão com balanços e tirolesa. No balanço mais tradicional, o da casa da árvore, funcionários empurram o turista para que se tenha mais altura e velocidade. Em dias sem neblina, se pode apreciar o vulcão Tungurahua.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE BAÑOS AQUI

Para quem busca um pouco mais de emoção, a opção é o local ao lado, a Torre al Cielo. Eles oferecem dois tipos de balanço: o columpio normal e o columpio 360°, em que o balanço gira na vertical enquanto faz o pêndulo.

roteiro equador
O balanço da Torre Al Cielo gira também na vertical

Há ainda um outro balanço extremo. O Vuelo del Condor é uma opção para os fãs de aventura. O balanço La Bestia tem 30 metros de altura e seu pêndulo alcança os 60 metros. O La Bella tem 20 de altura e o pêndulo chega a 40 metros.

roteiro equador
O frio na barriga é intenso no Vuelo del Condor

Para quem gosta de adrenalina, o puenting da Ponte San Francisco é a pedida. O salto é feito de 100 metros acima do Rio Pastaza e a queda antes do pêndulo é de 40 metros. Ainda há um outro puenting menor na localidade de Río Blanco.

Realizei o sonho de saltar de uma ponte em Baños

Lá fica o Mega Park Adventure. A tirolesa tem 500 metros de distância e 130 metros de altura, percorridos em uma velocidade média de 40 km/h. A ponte tibetana foi minha atividade preferida do parque. A estrutura fica suspensa a 120 metros de altura e tem 300 metros.

roteiro equador
O Puente Tibetano teve mais adrenalina do que eu imaginava
CACHOEIRAS E CONTATO COM A NATUREZA

Baños não é um lugar ideal apenas para os amantes da adrenalina, mas também para os da natureza. Uma das atrações mais famosas do Equador é a cascata Pailón del Diablo. Há duas entradas e em ambas se pode passar por baixo da queda d’água e molhar-se completamente.

Há ainda duas cachoeiras famosas nessa rota (na verdade, são mais ou menos 70 cascatas entre Baños e Puyo, mas algumas delas são mais notórias). A Manto de Novia tem um pequeno teleférico (chamado de tarabita) que aproxima os visitantes da catarata. A Encanto de Rocío fica em Machay e se pode inclusive banhar-se quando o nível da água não está tão alto.

AS TERMAS E O RELAX

A intensidade da programação em Baños pede alguns momentos de descanso. Banhar-se nas piscinas de águas termais é uma excelente opção para relaxar. La Virgen é um dos complexos de piscinas. Ele fica ao lado da cascata homônima. A água é meio amarela devido ao enxofre e as temperaturas variam – há desde piscinas frias até super quentes.

roteiro equador
A atmosfera amazônica já está presente em Puyo

Puyo é a primeira cidade dentro da Floresta Amazônica do Roteiro Equador. Ela se localiza no Cantón Pastaza, o mais diverso em temas étnicos e culturais do país, com sete nacionalidades. Um monumento em homenagem a essas culturas e um letreiro com o nome da cidade foram instalados próximos à torre de onde tem-se uma bela vista da região. Ali perto está o Parque Etnobotânico Omaere e o Rio Puyo.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE A REGIÃO DA SELVA EQUATORIANA AQUI

A uns 30 quilômetros do centro está a comunidade Indichuris. A entrada ao mirador dá direito a sentar-se nas redes e andar em um balanço com vista para o rio. Ali do alto se tem uma noção da imensidão da mata. Também é possível dormir nas acomodações oferecidas pelos indígenas.

roteiro equador
O mirador de Indichuris tem vista privilegiada

Minha ideia inicial en Tena era visitar a Caverna Jumandy. Afinal não entrei. Ao invés disso, tive uma ds experiências gastronômicas mais interessantes do Roteiro Equador: degustei guayusa, um chá típico da região, e Chontacuro, que são espetinhos de larvas assadas (chamadas gusanos).

Percebe-se que se está numa região de selva ao caminhar pelo Parque Amazônico, uma área muito arborizada no encontro dos rios Tena e Pano (o espaço é meio desolado e, por segurança, melhor andar acompanhade). Há um mirante para observar a vegetação e a cidade desde o alto.

Dois locais perto da cidade são a Lagoa Azul e Puerto Misahuallí. A primeira são algumas cascatas e piscinas naturais em afluentes do Rio Jatunyaco. No segundo, micos brincam no gramado da praça central e comem frutas nos telhados de casas. O passeio em canoa pelos rios Misahuallí e Napo sai do letreiro da cidade e inclui a visita a uma cascata e a uma comunidade indígena.

 

roteiro equador
O passeio de canoa é uma excelente programação em Puerto Misahuallí
  • QUITO (5 DIAS)

Quito é a capital do país. Para conhecer melhor o centro histórico da cidade, declarado patrimônio mundial pela Unesco, optei por fazer um free walking tour durante o Roteiro Equador. A caminhada começa no bairro San Blás, onde se visita o Mercado Central.

roteiro equador
A Catedral de Quito fica na Plaza Grande

Os turistas passam então para um dos pontos centrais de Quito: a Plaza del Teatro, em frente ao Teatro Sucre. O próximo destino é a Plaza Grande, também conhecida com Plaza de la Independencia. O Palácio de Carondelet, sede da presidência do país, a Catedral Metropolitana e a Municipalidad de Quito, sede da prefeitura, ficam ao redor do largo.

roteiro equador
A Iglesia San Francisco fica em um agradável largo

A turma então anda até a Iglesia de la Compañía de Jesús. Ela é conhecida como igreja de ouro, pois seu interior é coberto pelo metal precioso. Quase ao lado do templo está o Museu Numismático. Em seguida, o grupo chega a Iglesia de San Francisco. Esse é o maior complexo arquitetônico das Américas.

roteiro equador
La Ronda é cheia de bares e lojas

Já no final do tour o grupo passa pela La Ronda. É uma das áreas mais boêmias de Quito. A última pausa do Free Walking Tour Ecuador é na Iglesia de Santo Domingo. Na Plaza Foch também há opções gastronômicas, além de casas de festa.

VEJA OS POSTS COMPLETOS SOBRE QUITO AQUI

Os que buscam comida de rua típica a encontram no Parque Navarro, em La Floresta. No largo há um letreiro de Quito e várias carrocinhas que servem distintos pratos e bebidas. Talvez a banquinha mais procurada seja a do tripero. O sorvete de amora é um dos doces mais populares de Quito. Tanto que a Calle Guayaquil é conhecida como a “rua dos sorvetes“.

O MIRADOR
roteiro equador
O Panecillo ficaem uma área alta de Quito

O morro Panecillo é a divisão geográfica do sul e do centro do município. Do mirador se tem uma visão do centro histórico de Quito, considerado pela Unesco patrimônio mundial. Nessa elevação natural foi instalada a estátua da Virgem de Quito. Um dos edifícios mais notáveis que se vê desde o Panecillo é a Basílica del Voto Nacional. A construção começou em 1892 e foi inspirada na Catedral de Notre Dame, na França.

A LINHA DO EQUADOR – METADE DO MUNDO

O monumento mais famoso de Quito, a capital do Equador, não fica exatamente na cidade. A Metade do Mundo se localiza na parroquia (uma espécie de distrito) de San Antonio de Pichincha. A Ciudad Mitad del Mundo é uma grande área com museus, lojas e cafés. A linha equinocial divide a Terra em norte e sul é uma franja de cinco quilômetros e a posição 0°0’0″ muda de acordo com os movimentos do planeta.

PULULAHUA
roteiro equador
Famílias vivem dentro do vulcão Pululahua

A menos de seis quilômetros da Mitad del Mundo está o vulcão Pululahua. Essa é uma das poucas crateras vulcânicas no mundo habitadas por seres humanos. Melhor ir pela manhã, antes da névea encobrir a vista. É possível caminhar até as plantações dos moradores.

RUCU PICHINCHA
roteiro equador
O Rucu Pichincha foi meu primeiro topo de vulcão

Há ainda um outro vulcão na cidade, o Rucu Pichincha. Pode-se subir seu topo em uma caminhada de meia montanha de aproximadamente cinco horas. Seu ponto mais alto é 4.696 metros sobre o nível do mar. Um teleférico ajuda na subida dos 2.950 msnm aos 4.050 msnm.

QUILOTOA
roteiro equador
A bela Quilotoa é uma lagoa formada no colapso de um vulcão

A lagoa formada em Quilotoa é resultado da erupção e colapso do vulcão. É possível caminhar ao redor da cratera, em um percurso que demora mais ou menos quatro horas. Na beira do lago há aluguel de caiaques. O tempo de descida é de mais ou menos meia hora. A subida é bastante pesada e tardou mais de uma hora.

COTOPAXI
roteiro equador
O Cotopaxi é um dos vulcões mais conhecidos do Roteiro Equador

Um tour bate-e-volta de Quito leva os turistas ao vulcão Cotopaxi. O estacionamento fica a 4.500 metros sobre o nível do mar. Dali se caminha até o refúgio a 4.864 msnm em mais ou menos 40 minutos. De lá dá para seguir até a trilha ao glacial. O cume fica a 5.897 mentros sobre o nível do mar. Uma placa indica que este é o segundo vulcão ativo mais alto do mundo. Sua erupção mais recente foi em 2015. É obrigatório o acompanhamento de um guia ao entrar no Parque Nacional Cotopaxi.

  • OTAVALO (2 DIAS) – CUICOCHA *PODE SER SÓ 1
roteiro equador
A Cascata de Peguche fica perto de Otavalo

Otavalo é conhecida por causa do Mercado de Ponchos, realizado aos sábados. Ele é considerado a maior feira de artesanatos do Equador. Outro grande motivo pelo qual os turistas chegam à cidade é para conhecer a Cascata de Peguche.

roteiro equador
O vulcão Cuicocha e sua lagoa me surpreenderam no último dia no Equador

Mas a inclusão do município no Roteiro Equador é principalmente em função de vulcão próximo: o Cuicocha. É uma caldeira vulcânica potencialmente ativa, cuja erupção mais recente foi a mais de 2,9 mil anos. A trilha de 14 quilômetros, em uma altura que varia dos 3.100 metros sobre o nível do mar aos 3.450 msnm, demora menos de 5 horas.

  • IBARRA (1 DIA) *DISPENSÁVEL
roteiro equador
A Yahuarcocha é uma simples lagoa em Ibarra e pode ser saltada no Roteiro Equador

A lagoa Yahuarcocha é a maior atração de Ibarra. É uma área familiar familiar, com muitos restaurantes ao redor onde vendem truta e outros pratos típicos, além de jogos infantis e espaços para a prática de pesca. Há um veículo tipo minhocão que faz um passeio ao redor do corpo d”água.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

 

MAPA DO ROTEIRO EQUADOR:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.