Lausanne + Genebra + Évian-les-Bains + Montreux

genebra
O jato d’água é a grande marca de Genebra

O Lago Léman, também conhecido como Lago Genebra, é o maior lago da Europa Central, com 582 quilômetros quadrados. O tamanho inspirou seu nome, de origem celta, “Lem an”, que significa “água grande”. Ele está dividido entre a Suíça e a França.

VEJA TODOS OS POSTS SOBRE A SUÍÇA
VEJA TODOS OS POSTS SOBRE A FRANÇA

Algumas das cidades turísticas mais importantes do primeiro país ficam às suas margens, como Lausanne, Genebra e Montreaux, todas na Romandia, região francófona da Confederação Helvética. Évian-les-Bains fica em terras francesas e é lá que se localiza a fonte da famosa marca de água mineral Evian.

evian
Évian é uma pequena cidade francesa na beira do Lago Genebra

A viagem por entre os municípios pode ser feita quase sem perder contato visual com o lago. Há muitos pequenos e charmosos vilarejos ao longo do caminho em ambos os países. Como os dois fazem parte do Tratado de Schengen, não há burocracias na hora de cruzar fronteiras. Apenas há mudança da moeda, de Francos Suíços (CHF) para Euros (EUR).

A paisagem da estrada ao redor do lago é incansável
LAUSANNE

Ao norte do lago de águas transparentes está Lausanne, conhecida como “capital olímpica”. Isso se deve à instalação do Comitê Olímpico Internacional na cidade em 1914. Com cerca de 140 mil habitantes, ela é a capital do cantão de Vaud.

lausanne
Não fosse a neblina, os Alpes Franceses poderiam ser vistos de Lausanne

As ruas de seu centro histórico são, em sua maioria, exclusivas para pedestres. Em um dia de céu limpo, é possível vislumbrar os Alpes Franceses do outro lado do Léman. Diversas linhas de barco oferecem passeios pelo corpo aquático.

lausanne
Viagens pelo Lago Genebra são oferecidos por algumas empresas
GENEBRA

A 60 quilômetros de Lausanne por vias secundárias fica Genebra, na margem sudoeste do lago. A capital do cantão homônimo tem a segunda maior população da Suíça, com quase 200 mil moradores, ficando atrás apenas de Zurique.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim como em Berna, o uso do transporte público é gratuito para turistas durante os dias de hospedagem na cidade mediante apresentação de um voucher distribuído pelos hotéis. A passagem serve para os ônibus, bondes e barcos que circulam pelo lago e pelo Rio Ródano.

genebra
O Victoria Hall foi palco de Paixão Segundo São Mateus

No centro da cidade ficam as principais opções culturais, como o Grande Teatro de Genebra e o belo Victoria Hall. Neste último, tive a oportunidade de assistir à segunda parte da obra Paixão Segundo São Mateus, de Johann Sebastian Bach, graças a um casal que nos abordou aleatoriamente na rua e nos presenteou com dois ingressos.

genebra
O relógio de flores é uma das atrações turísticas de Genebra

Perto do lago ficam algumas das principais atrações de Genebra. O jato d’água é um deles. A fonte Jet d’Eau tem um alcance de 140 metros. O outro é o relógio de flores (que me fez lembrar o de Viña del Mar, no Chile).

GENEBRA E OS DIREITOS HUMANOS

View this post on Instagram

Futuro escritório… (#Genebra, #Suíça 🇨🇭)

A post shared by Me Leva Embora Estrada Afora (@melevaemboraestradaafora) on

O que eu mais queria conhecer no município era o Palácio das Nações, escritório da ONU em Genebra. É a segunda maior sede da organização, depois de Nova Iorque. Visitas guiadas são oferecidas no prédio construído entre 1929 e 1936, mas o edifício estava fechado nos dias em que eu estava lá.

Genebra também tem importância fundamental para outra entidade humanitária: o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. Cinco pessoas se reuniram em 1863 para criar o que hoje é o CICV, que assegura a proteção e a assistência às vítimas de lutas e conflitos armados.

CAROUGE E VEYRIER
A sedutora Carouge fica a poucos minutos de Genebra

Para quem dispõe de algum tempo na cidade, pode ser uma boa ideia conhecer povoados vizinhos. Carouge é separada de Genebra pelo Rio Arve e tem muita influência italiana. É um lugar agradável para se passar algumas horas andando pelas charmosas ruas.

Do alto do Mont Salève pode-se observar o Mont Blanc

Um pouco mais adiante, já dentro da França, fica Veyrier. Lá, há um teleférico para o Mont Salève. Ele custa 12 EUR ida e volta (uns R$ 60). Da estação pode-se fazer uma caminhada de cerca de meia hora até o topo do monte para ter uma vista do Mont Blanc, da cidade de Genebra e de seu lago. Há gente que desce de parapente ou bicicleta downhill.

ÉVIAN-LES-BAINS

Évian-les-Bains, também na França, fica a 40 quilômetros de Genebra. Ela fica na margem sul do Léman, do lado oposto de Lausanne. Extremamente bem cuidado, seu calçadão na beira do lago é muito gostoso. É lá que fica o letreiro da cidade. A fonte Cachat, de onde sai a água da marca Evian, fica a uns 600 metros dali.

MONTREAUX
Freddie é o rei do calçadão de Montreaux

De volta ao cantão Vaud, desta vez, na margem leste, está Montreaux, a menos de 40 quilômetros de Évian. Na beira do lago está um dos pontos mais visitados do município: a estátua de Freddie Mercury. Os fãs da banda também podem visitar o Museu Queen Experience, no antigo estúdio do grupo.

Montreaux localiza-se nas margens do Lago Léman

Caminhar pelo calçadão observando os coloridos canteiros, com a água azul no meio e os Alpes ao fundo é uma das atividades mais lindas a se realizar na cidade. Mesmo não sendo a época do famoso Festival de Jazz de Montreux (que é no verão europeu), é possível imaginar os palcos pela cidade espalhando música para todos os cantos.

CURTA A PÁGINA DO ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO FACEBOOK
SIGA O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO INSTAGRAM
ACOMPANHE O ME LEVA EMBORA ESTRADA AFORA NO TWITTER

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

2 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.