São Paulo: grafites e lambe-lambes

Dentre todas as riquezas de São Paulo, a que mais me interessa é a artística. Além dos inúmeros museus e casas de espetáculos ela possui, a arte também é expressa nas ruas da cidade. As ruas e praças se tornam palcos e os muros e prédios se tornam telas. Andar a pé pela capital paulista…

Lille

Em 2014, eu planejava estudar francês na França. Depois de alguns dias de busca, decidi por Lille, principalmente por ser uma cidade média – são cerca de 230 mil habitantes – próxima de outros locais que eu poderia visitar enquanto estivesse lá: Paris (capital que eu ainda não havia visitado), Inglaterra (nação pela qual sou apaixonada)…

Bruxelas: museus

Bruxelas é uma cidade linda, mas não tem uma grande variedade de atrações para os visitantes. Os três dias que fiquei pela capital da Bélgica foram mais do que suficientes – ainda mais no verão, quando anoitece somente pelas 22h. Após percorrer os principais pontos turísticos com o VIVA Brussels Free Walking Tour, voltei a…

Paris: Champs-Élysées/ Sena/ Notre Dame

Uma das avenidas mais conhecidas do mundo é a Champs-Élysées, em Paris. Os dois quilômetros mais famosos da capital da França são cheios de lojas de grife e restaurantes caros. A caminhada pelas largas calçadas é uma opção de passeio para milhares de turistas diariamente. A quantidade de gente dificulta um pouco a locomoção, mas acrescenta graça à cena. champs-élysées: do Arco…