Mendoza

O brasão da cidade se ilumina à noite no centro de Mendoza

Mendoza é sinônimo de vinho argentino e recebe muitos turistas em função disso (especialmente brasileiros). As atrações da região se espalham pela província, por isso, é recomendável ter um meio de transporte próprio para não ficar limitado somente à capital e arredores ou à mercê de tours. Eu não tinha carro nem moto, então acabei me concentrando mais na cidade. Até porque o principal objetivo da visita não eram as vinícolas, nem as belezas naturais, mas, sim, um show do Cuarteto de Nos.

Las bestias del @cuartetodenosok (Mendoza, Argentina 🇦🇷)

A post shared by Me Leva Embora Estrada Afora (@melevaemboraestradaafora) on

O CENTRO DE MENDOZA

Óbvio que o turismo não ficou de lado. Tive sorte com a anfitriã do Couchsurfing e com ela passeamos pelo centro. Em um ou dois dias é possível conhecer os principais pontos turísticos. A Plaza Independencia, onde há um brasão de Mendoza, é o coração da cidade. Lá se organiza uma feira de artesãos. Ela fica ao lado da Peatonal Sarmiento, a rua de pedestres cuja esquina com Avenida San Martín marca o ponto zero do município.

Mendoza
Do alto do prédio da prefeitura se tem uma visão panorâmica do município

A cinco quadras da praça estão dois lugares que valem a pena ser visitados. Um deles é a cobertura do prédio da prefeitura, de onde se tem uma vista em 360° da cidade. A entrada ao mirador do oitavo andar da Municipalidad de la Ciudad de Mendoza é gratuita. Quase ao lado do edifício fica o Memorial de la Bandera. Nele está exposta a bandeira do Exército dos Andes, liderado pelo General San Martín, em busca da independência da Argentina. Na terceira quinta-feira do mês, às 10h, acontece a troca de guarda nesse local.

PARQUE SAN MARTÍN

San Martín, como todas as cidades do país, é homenageado com uma grande área verde. O Parque General San Martín fica a mais ou menos um quilômetro da parte mais central. Nele, há imponentes portões, um lago e um morro. No Cerro de la Gloria há o Monumento al Ejército de los Andes, que representa a travessia da Cordilheira dos Andes pelo exército libertador. A escultura está impressa na nota de 5 pesos.

A BODEGA LÓPEZ
A Bodega López, em Maipú, oferece visitas guiadas gratuitas

A maioria das vinícolas da região fica mais afastada da cidade e cobra para entrar. Minha host sugeriu que fôssemos na Bodega López, que, além de ter visitação gratuita, se localiza em Maipú, onde é possível chegar em uma viagem de tram. O tour dura quase uma hora e nele se conhece as principais instalações da planta, o processo de produção, e, claro, se degusta alguns produtos da casa.

O ACONCAGUA E A PUENTE DEL INCA

Este slideshow necessita de JavaScript.

A aproximadamente 200 quilômetros da capital (e a menos de 20 quilômetros da fronteira com o Chile) está um dos lugares mais mágicos de Mendoza: o Parque Provincial del Aconcagua. Há uma caminhada fácil (mas em uma altura que pode alcançar os 3 mil metros) de cerca de duas horas que se pode fazer pelo espaço. Nela, passa-se por algumas lagoas, observa-se aves e chega-se até o mirador em que se pode ter uma visão da montanha mais alta das Américas, com seus mais de 6,9 mil metros. A entrada na área protegida custa 20 pesos (uns R$ 4). Agências de turismo oferecem esse passeio, mas é mais barato tomar um ônibus na rodoviária e ir por conta.

Mendoza
O Magic Bus argentino está perto do Aconcagua

Dois quilômetros antes de chegar ao Aconcagua está a Puente del Inca. Para quem gosta de caminhar, a sugestão é descer no parque e andar até a ponte. No trajeto, há trilhos de trem e um ônibus abandonados (o veículo lembra muito a história do filme Na Natureza Sevagem). A Puente del Inca é uma interessante formação rochosa de cor amarelada em formato de passarela que cruza o rio Las Cuevas. Há banquinhas de artesanato ao redor e dali se pode pegar um transporte para voltar à cidade.

A Puente del Inca é uma formação geológica natural perto da fronteira com o Chile

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *