Córdoba: Aldea Hostel

Aldea Hostel
Machi e Caro, os periodistas viajeros, palestraram no Aldea Hostel Córdoba

Gosto quando hostels oferecem mais do que apenas hospedagem e um lugar para comer aos seus hóspedes. Palestras são uma boa maneira de promover a integração entre os viajantes, além de, claro, provelher-lhes com informações. E foi dessa maneira que passei minha primeira noite no Aldea Hostel Córdoba. O casal de jornalistas do blog Periodistas Viajeros estiveram por lá para contar um pouco de suas andanças, dar dicas para quem foi escutá-los e vender seus livros.

O ESPAÇO
Aldea Hostel
O pátio interno do Aldea Hostel é aconchegante para fazer refeições

A conversa foi em um dos pontos altos do hostel, seu pátio interno. O Aldea é grande, e essa área não podia ser diferente. Há sofás, mesas e cadeiras nesse espaço aberto (mas com teto e, em caso de frio ou chuva, lonas nas laterais), o que cria um ambiente muito convidativo para quem quer descansar depois de um dia de passeio pela cidade. No mural, indicações de passeios e programações pela província.

O terraço é ideal para relaxar em dias de sol

Há ainda dois outros lugares para relaxar: o terraço, também com mesas e cadeiras, e a sala onde se joga sinuca e se serve o café da manhã, que inclui sofás e puffs. O café é servido em buffet de 8h a 10h e inclui café, leite, suco, água, cereais, fruta, pão, manteiga, mel e doce de leite. Para as outras refeições, os hóspedes contam com uma ampla cozinha em que podem preparar sua comida. Mesinhas e sofás também estão a disposição.

O Aldea Hostel tem 20 quartos e pode receber até 100 pessoas por dia. Há dormitórios compartilhados femininos e mistos, além de quartos privados. O preço por noite fica na média de 220 pesos por pessoa em um com oito camas. O banheiros ficam fora das peças. Uns têm somente chuveiros, outros são completos, com chuveiros, vasos sanitários e pias.

Aldea Hostel
O dormitório conta com beliches e armários para os viajantes
A LOCALIZAÇÃO E O STAFF

Ele fica a cerca de um quilômetro da Plaza San Martín, a praça central. A porta de entrada fica fechada o dia inteiro, mas basta tocar a campainha que os funcionários a abrem. A recepção fica aberta 24h e o staff fala espanhol, inglês e hebraico. A maioria dos que trabalham lá são voluntários, e não são somente argentinos. Eles ajudam bastante o turista quando este precisa recomendações ou encontrar um lugar por Córdoba ou pela Argentina.

Aldea Hostel
A porta do hostel fica fechada, mas é só tocar a campainha que os funcionários atendem
ALDEA HOSTEL CÓRDOBA

www.aldeahostelcordoba.com
www.facebook.com/AldeaHostelCordoba
Santa Rosa 447 – B° Centro
(54) 351 4261312 / (54) 9 351 6721722
hola@aldeahostel.com

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

* A estadia no Aldea Hostel foi uma permuta com o Me Leva Embora Estrada Afora – hospedagem em troca de um post no blog. As opiniões contidas no texto são independentes e baseadas na experiência que tive lá.*

GOSTOU DO POST? NÃO GOSTOU DO POST? TEM ALGUMA SUGESTÃO? FICOU COM ALGUMA DÚVIDA? QUER FAZER UM ELOGIO? UMA CRÍTICA? ESCREVE AQUI NOS COMENTÁRIOS!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *