Uruguai: 5 faróis para conhecer em 3 departamentos

faróis uruguaios
Montevidéu

A costa é a área mais importante do Uruguai. São quase 700 quilômetros de litoral, divididos entre o Rio da Prata (Río de La Plata) e o Oceano Atlântico. Para chegar por essa região até Montevidéu, a capital do país, os viajantes que saem do Brasil passam por três departamentos (o equivalente a Estados): Rocha, Maldonado e Montevidéu. Nesse caminho, o turista pode conhecer cinco faróis que auxiliam a navegação pelas águas do país.

FARO CABO POLONIO – CABO POLONIO (ROCHA)

A cerca de 100 quilômetros ao sul da divisa com o Rio Grande do Sul está o farol de Cabo Polonio. Erguido em 1881, ele tem 27 metros de altura e sua altitude focal (distância entre origem da luz e o nível do mar) é de 38,7 metros. É possível visitar o interior da construção. São 132 degraus para subir até o topo da estrutura e ter uma vista de 360° do povoado, do parque nacional que o rodeia e, claro, do mar. O foco luminoso do instrumento dá uma volta completa em 12 segundos. Como no vilarejo não há rede elétrica, a luz que ele emite ajuda não só aos navios, mas também aos pedestres, que têm seu caminho iluminado pelo equipamento à noite.

FARO SANTA MARÍA – LA PALOMA (ROCHA)
faróis uruguaios
La Paloma

O farol Santa María fica no Cabo Santa María, na cidade de La Paloma, a uns 145 quilômetros do Chuí. Para chegar até o alto dos seus 29 metros é necessário subir 142 degraus (a maioria deles em uma espiral em que se pode observar toda a parte interna da estrutura e os últimos 16 bem verticais e mais difíceis de acessar). Inaugurado em 1874, seu raio de luz branca faz um giro a cada 60 segundos. A altitude focal é de 42 metros. Ao lado da estrutura atual estão escombros da primeira construção, que desmoronou em 1872 durante a obra, matando as pessoas que trabalhavam ali.

faróis uruguaios
La Paloma
FARO JOSÉ IGNACIO – JOSÉ IGNACIO (ROCHA)

José Ignácio está situado a aproximadamente 190 quilômetros da fronteira brasileira. O sinal luminoso branco do seu farol aparece de dois em dois segundos e está a 32,5 metros acima do nível do mar. A torre, erguida em 1877, mede 26 metros e tem 122 degraus. Ela é uma das principais atrações do pequeno balneário no qual se localiza, um dos mais chiques do Uruguai.

FARO PUNTA DEL ESTE – PUNTA DEL ESTE (MALDONADO)

O farol de Punta del Este, distante 225 quilômetros do Brasil, não é aberto ao público. Ele foi inaugurado em 1860. Os dois focos luminosos brancos são transmitidos a cada oito segundos em uma altitude focal de 44 metros. Ao contrário da maioria dos instrumentos desse tipo, ele não fica na beira do rio ou do mar – o município é o limite entre o La Plata e o Atlântico -, mas no meio da cidade, que se desenvolveu ao seu redor.

faróis uruguaios
Punta del Este
FARO PUNTA BRAVA – MONTEVIDÉU (MONTEVIDÉU)

Localizado no na capital uruguaia, a 330 quilômetros da fronteira, o farol de Punta Brava (também conhecido como farol de Punta Carretas), marca o ponto mais ao sul de Montevidéu. A cada 10 segundos aparecem um raio de luz branco e um vermelho com altitude focal de 21 metros. São 76 degraus para chegar até o alto dos seus 19 metros de altura.

faróis uruguaios
Montevidéu
POR DENTRO DOS FARÓIS

As visitas custam 25 pesos (cerca de R$ 3) e podem ser realizadas das 10h às 13h e das 15h até 15 minutos antes do pôr do sol. Condições climáticas adversas podem fazer com que a atração feche para turistas. Menores de oito anos não estão autorizados a ingressar nos faróis.

Montevidéu

 Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

bannertopaventura

MAPA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *