Picada Café

Picada Café
O moinho histórico, localizado no Parque Histórico Jorge Kuhn, é o cartão-postal de Picada Café

Cidades pequenas do interior, muitas vezes, têm lugares super agradáveis, mas pouco conhecidos e pouco aproveitados por moradores e turistas. É o caso de Picada Café e do Parque Jorge Kuhn. O principal acesso à cidade de pouco mais de 5 mil habitantes é pela BR-116, uma das estradas mais bonitas do Rio Grande do Sul.

A Rota Romântica
As curvas e as árvores ao longo da BR-116 acrescentam charme à estrada

Para quem sai da capital Porto Alegre, as belezas do passeio já começam a ser encontradas na vegetação da rodovia curvilínea usada para subir a Serra. O caminho faz parte da Rota Romântica, um roteiro que inclui 14 municípios gaúchos de colonização alemã: São Leopoldo, Novo Hamburgo, Estância Velha, Ivoti, Dois Irmãos, Morro Reuter, Santa Maria do Herval, Presidente Lucena, Linha Nova, Picada Café, Nova Petrópolis, Gramado, Canela e São Francisco de Paula.

Placa no mirante da BR-116 mostra mapa da Rota Romântica – ainda sem o município Linha Nova
O Parque Histórico Jorge Kuhn

O parque Jorge Kuhn fica às margens da BR-116. A entrada é gratuita e, em geral, há estacionamento grátis no local. O espaço é usado para eventos como a tradicional Kaffeeschneis’ Fest, que comemora a emancipação da cidade, ocorrida em 1992 (Kaffeeschneis é o nome de Picada Café em alemão). Pequenos detalhes cuidadosamente preparados na decoração da área dão um encanto especial ao lugar.

Picada Café
As bicicletas decorativas são apenas um dos detalhes no Jorge Kuhn. (Foto: Isaías Rheinheimer)
O Moinho histórico

A menina dos olhos do parque – e do município – é o moinho com roda de ferro construído no fim do século 19. Ele é sede da Secretaria de Turismo e da central de informações de Picada Café, conhecida como a Cidade dos Lírios. O armazém, o açougue e o matadouro são outras construções históricas dentro do Jorge Kuhn.

O moinho é ocupado pela Secretaria de Turismo (Foto: Isaías Rheinheimer)
Tranquilidade em Picada Café

A calmaria do parque – em dias que não há festejos por lá – reflete a tranquilidade do município. Em uma tarde quente de domingo, fui com um casal de amigos até Picada Café em busca de sombra e água fresca. Literalmente. Um pequeno arroio corre pelo parque e os visitantes aproveitam o ambiente para fugir do calor e descansar. Alguns – como nós – colocam cadeiras de praia no córrego para aumentar o contato com a natureza.

Domingueira tranquila cos migos ❤ #natureza #riograndedosul

A post shared by Me Leva Embora Estrada Afora (@melevaemboraestradaafora) on

Jogar conversa fora embaixo das árvores e com os pés dentro d’água já estava sendo ótimo. E melhorou ainda mais depois que decidimos comprar uma cuca de ricota, chocolate e doce de leite recém saída do forno ali mesmo no Jorge Kuhn. A gastronomia germânica é um dos pontos fortes de toda a região.

Picada Café
Moradores locais vendem produtos coloniais no parque (Foto: Isaías Rheinheimer) 
A queijaria

Falando em comida, voltamos do passeio por outro caminho (não tão formoso como a 116) e passamos em uma queijaria em Ivoti. Os atendentes da loja da Laticínios Nova Alemanha oferecem uma degustação dos queijos e pastinhas da marca, produzidos com leite de vaca ou de cabra. A propriedade é bem cuidada e também abriga diversos animais.

Ovelhas podem ser vistas na propriedade da Laticínios Nova Alemana (Foto: Isaías Rheinheimer)

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

6 comentários Adicione o seu

  1. Claudia Maschke Paim diz:

    Parabéns Rafa, adorei o artigo, continue nos orientando sobre estes lugares lindos. Obrigada
    Bjs

    1. melevaemboraestradaafora diz:

      Que bom que tu gostaste, Claudia! Bjs

  2. Emanuelly Suhett diz:

    Gente, que blog maravilhoso é esse! Por favor pode me levar embora mexxxmo! Rs
    Adorei o post, fiquei babando nas fotos. Parabéns, prazer conhecer seu blog.
    Um bejjo e sucesso.

    http://www.esteticando-se.com

    1. melevaemboraestradaafora diz:

      Valeu, Emanuelly! Vou lá visitar o teu agora! Bjsss

  3. Picada Café é onde passamos sempre que vamos á Gramado e Canela, não sei se tu já provou o queijo e os pães desse parque, mas nós levamos até uma sacola térmica pra sempre que passarmos por aí levar muita coisa boa pra casa, lugar divino esse, parabéns pelo post!

    1. melevaemboraestradaafora diz:

      Só provamos a cuca, e estava uma delícia. Boa ideia de levar sacola térmica! Vou adotar a estratégia! Brigada pela dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *