Liverpool: Aeroporto/ casas de Paul, George e Ringo

Liverpool_010410_050410 378
O nome do aeroporto de Liverpool é uma homenagem a John Lennon

Detesto aeroporto. Faço de tudo para não entrar em um. Prefiro demorar mais e viajar de carro, ônibus ou trem do que esperar um avião. Mas, porém, contudo, todavia, entretanto, adoro o aeroporto de Liverpool, na Inglaterra. O motivo não poderia ser outro além dos Beatles. As referências à banda o fazem mais do que um simples lugar para embarque e desembarque de aeronaves, e ele vira uma atração turística por si só. A começar pelo nome: Liverpool John Lennon Airport. Grande homenagem a um grande artista. No saguão, uma estátua de bronze também lembra o músico. Do lado de fora, um monumento imita um submarino amarelo.

Liverpool_010410_050410 398
Os visitantes que saem do aeroporto de Liverpool dão de cara com um yellow submarine
As casas de Paul e de George

No bairro Speke, que fica nas redondezas do aeroporto, estão duas casas de Paul McCartney: na Western Avenue nº 72, onde morou dos quatro aos 10 anos, quando se mudou para a Ardwick Road, nº 12, em que ficou até a mudança para a Forthlin Road. George Harrison morava a uns 500 metros dali, na Upton Green nº 25, em que viveu de mais ou menos os sete anos até o início da carreira dos Beatles.

Paul e George
Paul morou na Western Ave. quando criança
O Liverpool Institute

Praticamente vizinhos, Paul e George usavam o mesmo ônibus para ir ao Liverpool Institute, escola onde estudavam. Hoje o local sedia o Liverpool Institute for Performing Arts (LIPA), cujo patrono é o próprio Sir Paul, cofundador da instituição. Ele é presença garantida em alguns eventos da instituição. Do lado de fora do LIPA, um monumento de concreto representa vários cases de violão e malas. Foi nas viagens ao colégio que a amizade entre os dois surgiu.

Paul e George
Paul McCartney e George Harison estudavam no Liverpool Institute
Outras casas de Paul e George

Depois de sair da Upton Green, George foi com a família para a Mackets Lane, nº 174, em que viveu entre 1962 e 1965, quando viu a beatlemania se espalhar pelo mundo. A última casa em que Paul morou ates do sucesso fica distante dali, no nº 20 da Forthlin Road. Ele se mudou para este imóvel aos 13 anos com o pai, Jim, o irmão mais novo, Mike, e a mãe, Mary, que faleceu pouco tempo depois (anos mais tarde, ela seria homenageada em Let It Be). A dupla Lennon/McCartney constantemente se encontrava ali para compor. Em 1996, o National Trust comprou a propriedade e oferece visitas guiadas ao local.

Paul e George
Paul morou na Forthlin Road com a família
As casas de Ringo

Ringo Star morou em dois lugares no bairro Dingle. A Madryn Street, nº9, onde viveu até o começo da infância, quase foi demolida há alguns anos, mas a fama de seu antigo morador a salvou deste destino. Após a separação de seus pais, ele foi para a Admiral Grove, nº10, onde viveu por cerca de 20 anos, até que o sucesso dos Beatles o obrigou a se mudar para a capital inglesa.

Liverpool_010410_050410 617
Ringo morou na Admiral Grove
As catedrais de Liverpool

Apesar da maioria das atrações de Liverpool estarem ligadas à banda, alguns pontos interessantes do município não têm relação com os Beatles. As catedrais católica e anglicana são exemplos disso. Cada uma fica em um extremo da Hope Street (Rua da Esperança, em português). O endereço oficial de nenhuma delas é nesse logradouro, mas a simbologia é forte – a rua também abriga o LIPA, apesar de, legalmente, ele ser na Mount Street.

A Catedral Metropolitana do Cristo-Rei de Liverpool é o templo da Igreja Católica na cidade

Catedral Metropolitana do Cristo-Rei de Liverpool é a católica. A igreja tem uma arquitetura moderna e foi projetada por Sir Frederick Gibberd. A construção durou de 1962 a 1967. A Catedral de Liverpool é a anglicana. Ela é a maior catedral da grã-bretanha e a quinta maior do mundo. Ela também tem o maior órgão do Reino Unido e o sino mais pesado do mundo.

A Catedral de Liverpool é o templo da Igreja da Inglaterra na cidade
O bairro Kensington

A pouco mais de dois quilômetros e meio dessa região ficam as ruas Paul McCartney WayJohn Lennon DriveGeorge Harrison Close e Ringo Starr Drive. Os logradouros do bairro Kensington foram batizados com os nomes dos integrantes do FabFour em 1982. A região não é tão segura quanto outras partes da cidade, mas dá pra visitar.

As ruas com o nome de cada um dos quatro cabeludos ficam no bairro Kensington

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *