Liverpool: Cavern/ Casbah

Cavern
O Cavern Quarter concentra a maior quantidade de atrações dos Beatles na cidade de Liverpool

Não tem jeito. É impossível não relacionar Liverpool com os Beatles. Um dos poucos lugares que conheci na cidade que não se mistura com a história da banda é o Liverpool One, um complexo de lazer com lojas, bares, restaurantes e cinemas. Até quem não gosta de shoppings pode apreciar o passeio, principalmente porque é um dos caminhos mais agradáveis entre a Albert Dock e a Mathew Street.

O Cavern Club

Nessa rua fica o Cavern Club, um dos locais mais famosos da história dos Beatles (sim, já estou falando deles de novo). Tamanha é a importância do bar que toda aquela região é conhecida como Cavern Quarter. Mas o estabelecimento de hoje não é o mesmo espaço em que a banda tocava. O Cavern original ficava alguns metros abaixo, no porão de um armazém.

Cavern
Assinei meu nome na parede do Cavern em 2010 e voltei ao clube em 2012 para fotografá-lo

Os integrantes da banda começaram a tocar lá, separadamente, no ano de abertura, em 1957, mas a primeira apresentação deles como Beatles nessa casa foi em fevereiro de 1961, com um cachê de cinco libras. A última, em agosto de 1963, e eles receberam 300 libras. Foi em um dos 292 shows no clube que Brian Epstein os viu tocar e, impressionado com o grupo, decidiu ser seu empresário.

Cavern
Bandas cover – e grupos com músicas autorais – tocam no palco do icônico Cavern Club

O lugar fechou definitivamente em 1973 para obras da linha férrea (que não aconteceram). O novo Cavern, construído em uma parte da área original e um pouco maior, foi aberto em 1984. As paredes de tijolo (alguns retirados do antigo clube) são cobertas de assinaturas dos fãs que passam pelo local. Uma banda cover se apresenta durante algumas noites e, enquanto eles tocam, é possível imaginar a loucura dos espetáculos dos jovens cabeludos tocando no porão pequeno e abafado no início dos anos 60.

O cavern quarter

O Cavern Pub é uma outra atração que vale a visita. Não é daquela época, mas sua fachada é coberta por tijolos com os nomes dos artistas que tocaram no clube e sua decoração é feita com memorabilia de alguns desses músicos. Quase na entrada do estabelecimento, há uma estátua de John Lennon. Um pouco mais abaixo, na Stanley Street, há uma estátua representando Eleanor Rigby e “todas as pessoas solitárias”.

Liverpool_010410_050410 297
John Lennon é homenageado com uma estátua na calçada do Cavern Pub, em frente ao Cavern Club

Na Mathew Street também estão alguns bares frequentados pela banda, como o The Grapes e o White Star. Parar em algum deles para o almoço é providencial. Além do descanso (necessário), uma refeição tipicamente inglesa oferece energia para o resto do passeio. Depois de passar um tempo pelo Cavern Quarter, vale a pena conhecer outros bares na região que também fizeram parte da história do Fab4.

Liverpool_010410_050410 424
As bandas que se apresentavam no Cavern costumavam frequentar o The Grapes
O blue angel e o jacaranda

O primeiro empresário do grupo foi Allan Williams. Foi ele quem levou a banda para sua primeira turnê em Hamburgo, na Alemnaha, em 1960. Williams era dono de dois bares em Liverpool: o Jacaranda, na Slater Street, e o Blue Angel, na Seel Street. O Jacaranda, ou The Jac, abriu em 1958 e se tornou um ponto de encontro dos alunos do Liverpool Art College, entre eles John Lennon e Stuart Sutcliffe (integrante da formação inicial), que ajudaram a decorar o local em troca de um espaço de ensaio para a banda. Nas noites em que os músicos da casa estavam de folga, os Beatles subiam ao palco do The Jac, recebendo em troca torradas com feijão doce e refrigerante. A banda também fez aparições ocasionais no Blue Angel.

liverpool_240510 (7)
The Jacaranda é um bar onde os Beatles ensaiavam e se apresentavam para o público de Liverpool
O casbah club

Outro espaço importantíssimo para a história do quarteto é o Casbah Club. John, Paul e George tocaram na inauguração do estabelecimento em 1959. No total, foram 44 shows nesse local ao longo de quase três anos. Eles, inclusive, ajudaram a decorar o lugar. O clube pertencia a Mona Best. Seu filho, Pete, foi baterista da banda entre 1960 e 62. A casa fica afastada do centro da cidade, na região de West Derby, e é preciso fazer uma reserva antecipada para visitar o bar, que ainda exibe objetos originais. O passeio vale caso tenha mais de dois dias na cidade, pois é preciso tomar um ônibus e o local fica isolado de outras atrações dos Beatles.

Liverpool_010410_050410 472
O Casbah é um espaço para visitação e guarda objetos usados no fim dos anos 50 e começo dos 60

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *