Inglaterra

Inglaterra
A Tower Bridge é um dos maiores símbolos de Londres, capital da Inglaterra

Sempre fui apaixonada pela Inglaterra, talvez pela música, talvez pelo sotaque, talvez pelo charme. Nunca soube direito de onde veio essa atração, mas, quando surgiu a oportunidade de morar fora para estudar inglês, sabia exatamente para qual país queria ir. Optei por viver em Bournemouth, no sul, a cerca de duas horas de Londres.

Inglaterra
Manor Road, rua em que morei por seis meses em Bournemouth, no sul da Grã-Bretanha
As lembranças da Inglaterra

Se mesmo antes de morar na Inglaterra, em 2010, eu já morria de amores pelo país, depois de passar esse tempo lá, a paixão ficou séria. Não são raras as vezes em que me pego relembrando algum momento que vivi na ilha. Coisas do cotidiano mesmo. O cheiro do chá English Breakfast me transporta imediatamente para B’mouth. Algumas músicas do Paul McCartney e do Noel Gallagher me fazem lembrar lugares pelos quais passei.

O clima

O clima no Reino Unido nem sempre agrada aos visitantes. Mas como eu não me importo com dias seguidos nublados, com chuva ou neblina, e até acho que essas características podem dar uma elegância especial ao dia, adorava até a previsão do tempo. E, como fiquei no país por seis meses, pude experimentar o famoso inverno britânico, a primavera e o (pasmem!) quente verão.

Inglaterra
Liverpool é a cidade natal de Paul McCartney, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr, os Beatles
ENGLAND, GB, UK?

Uma das coisas mais interessantes (e confusas) da região  é saber exatamente o que é Inglaterra (England), o que é Grã-Bretanha (Great Britain – GB) e o que é Reino Unido (United Kingdom – UK). A dúvida ficou ainda mais comum agora com a história do Brexit (o plebiscito que decidiu pela saída dos britânicos da União Europeia). Resumindo, a Inglaterra é um país integrante da ilha Grã-Bretanha (que inclui também Gales e Escócia), que faz parte do Reino Unido (junto com a Irlanda do Norte). E tudo isso é parte da Europa, mas tenta sair da União Europeia. Como eu disse, é confuso, mas tudo muito interessante.

Inglaterra
Antigas bandeiras estão expostas em Oxford
O dinheiro

Para mim, o único ponto ruim do país é o dinheiro. A moeda definitivamente não é um atrativo inglês. A libra esterlina é mais valorizada do que o real. Da primeira vez que fui, em 2010, uma libra estava quase quatro reais. Da segunda, em 2012, quase três reais. Agora, da terceira, em 2016, quase cinco. E, há alguns meses, chegou a quase seis! Então, a dica para quem quer visitar as cidades lindas desse país lindo, é esconder a carteira e fazer tudo da maneira mais econômica possível. Assim, dá para permanecer mais tempo nessa que é uma das regiões mais agradáveis do mundo.

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *