Lages

Lages
Pórtico recebe moradores e visitantes na cidade

Tem lugares que deixam memórias muito específicas. Lages, em Santa Catarina, é um deles. Em 2005, visitei a cidade para assistir a um show do Nenhum de Nós. A apresentação seria na Festa do Pinhão. O passeio foi marcado pelo maior frio que senti na vida (e olha que já peguei média de -20 ºC no Canadá). Em maio de 2016, 11 anos depois daquela viagem inesquecível, voltei a Lages – para mais um show do Nenhum de Nós em mais uma Festa do Pinhão. Quando descobri o local em que a banda tocaria, me apavorei. Não queria passar por aquilo de novo. A solução foi encher a mochila de casacos, toucas, lenços e bota.

Clique aqui para ler sobre as viagens para assistir ao Nenhum de Nós

A estrada entre Porto Alegre e Lages, pelas serras gaúcha e catarinense, tinha vistas de tirar o fogo. Ao chegar no destino, uma quase decepção: não estava frio. Ok, quente não estava, mas a quantidade de roupas que levei foi um exagero cômico. Na revista turística da cidade, monumentos e praças eram as atrações mais comuns.

o parque tanque

Dei só uma caminhada pelas proximidades do hotel e conheci um dos locais descritos no material de divulgação, o Parque Jonas Ramos, conhecido também como Tanque. O apelido do parque surgiu depois de 1770, quando foi criada uma área para que mulheres lavassem roupa com a água da fonte que até hoje abastece o lago. O monumento “As lavadeiras do Tanque”, instalado na praça, faz referência a elas. Era um sábado ensolarado de outono e as pessoas aproveitaram para passear, sentar na grama ou nos bancos e andar nos pedalinhos. Me pareceu o lugar ideal para um fim de semana preguiçoso.

Outono em Lages. #lages #sc #santacatarina #brasil #viagem #trip #travel #meleva #outono #platano

A post shared by Me Leva Embora Estrada Afora (@melevaemboraestradaafora) on

o show em lages

O show foi nesta noite. Ao invés de frio, o que nos esperava no parque da 28ª Festa do Pinhão era a chuva. E, como já tinha constatado quando os Rolling Stones estiveram em Porto Alegre, chuva não é amiga de míope. Passei todo o tempo secando os óculos. Pelo menos, a imagem que eu tinha de lá mudou. Não associo mais a cidade somente ao frio. Agora, aquela caminhada deliciosa pelo Parque Tanque na tarde de sol é o que me vem à cabeça quando penso na cidade. Ainda bem.

Lages
Visão de um show por uma míope

Curta a página do Me Leva Embora Estrada Afora no Facebook
Siga o Me Leva Embora Estrada Afora no Instagram
Acompanhe o Me Leva Embora Estrada Afora no Twitter

MAPA:

2 comentários Adicione o seu

  1. Alusson diz:

    Sempre que vier a lages ser muito bem vindo.. Cidade acolhedora.

    1. Obrigada, Alusson. Gostei muito de Lages e pretendo voltar, com certeza!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *